sábado, 14 de janeiro de 2017

Biografia de José Hoffmann

José Hoffmann foi um agricultor político turvense. Foi vereador no município de Turvo, entre 01 de Fevereiro de 1983 e 31 de Dezembro de 1988.

Neste post você saber mais sobre estas questões:

- Quem foi José Hoffmann?
- Quais foram candidatos a vereador de Turvo?
- Quais foram os vereadores de Turvo?

José Hoffmann nasceu em Guaragí – Distrito de Ponta Grossa – PR – e era filho de Pantaleão Hoffmann e Olívia Prestes Hoffmann.

José Hoffmann, o popular Jucão, como era conhecido em Turvo, foi casado com Enid E. Hoffmann e teve como filha adotiva, Anadir Simão, que em 1985 trabalhava como professora em Ponta Grossa.

José Hoffmann foi criado em Imbituva e aos 13 anos foi residir em Ponta Grossa. Morou uma temporada em Marília – SP.

Trabalhou no transporte rodoviário, sendo que em 1953 já percorria esta região do município de Turvo.

Fez amizades com moradores da localidade, principalmente com Antônio Bettega, que dizia considerar como seu irmão.

Em janeiro de 1966 veio para, na época, o Distrito de Turvo, regularizar a documentação das suas propriedades rurais e da família, localizadas na localidade de Rio Pedrinho e Cachoeira dos Mendes.

Ficou hospedado na casa de Arlindo Kramer e conheceu os pioneiros como Domingos Mendes e Pedro Mendes.

Participou na construção da Estrada da Braspap o que permitiu a passagem da primeira linha de ônibus.

Logo em seguida passou a residir em Turvo trabalhando nas suas propriedades e a colaborar nos movimentos políticos, trazendo sua experiência adquirida nesta área, pois também foi político em Ponta Grossa quando residia naquela cidade.

Foi eleito vereador em 1982 com 185 votos, para a primeira legislatura municipal de Turvo e dispensou atenção especial às localidades: Marrecas, Cachoeira dos Mendes, Faxinal da Boa Vista, Banhado Vermelho, São Francisco e Região da Braspap.

Destacava o importante papel que vinha sendo desempenhado na época pela Braspap, como a principal indústria do município.

Sua propriedade, a Fazenda Marrecas, fazia divisa com a fazenda do seu amigo Nodir Benedito Ribas que, na opinião dele, era uma das mais belas fazendas do município de Turvo.

Foi candidato à reeleição para vereador em 1988, mas não conseguiu se reeleger, obtendo 33 votos.

Fontes:

- Câmara Municipal de Turvo
- Tribunal Superior Eleitoral


Este artigo é apenas um esboço, para ajudar a incluir informações favor entrar em contato com o autor do blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário