quinta-feira, 15 de agosto de 2013

CREA-PR fiscaliza cadeia produtiva de plantas medicinais em Turvo


O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (CREA-PR) promove nesta quinta-feira (15), às 9h, na Cooperativa de Produtos Agroecológicos, Florestais e Artesanais de Turvo (Coopaflora), uma Operação de Fiscalização Especializada de Plantas Medicinais.

Realizada estadualmente, o intuito será verificar a presença de profissionais habilitados na Cooperativa e, após o levantamento de dados técnicos, fazer uma caracterização geral desta cadeia produtiva, verificando desde os cultivos no campo até as etapas que compõem o beneficiamento.

O Paraná é o principal produtor de plantas medicinais do País, sendo responsável por aproximadamente 90% da produção brasileira. Além de atacadistas, ervanários e farmácias de manipulação, o mercado de plantas medicinais também está associado a indústrias diversas, como a farmacêutica, de cosméticos e perfumaria, de alimentos e bebidas, entre outras.

“Independente se in natura ou processadas, é de fundamental importância que as plantas medicinais comercializadas atendam a padrões de qualidade, de forma que suas propriedades terapêuticas e aromáticas sejam asseguradas, além de estarem livres de contaminação por impurezas. Para isso, devem ser utilizadas práticas agrícolas adequadas no cultivo, no beneficiamento e na armazenagem da produção, asseguradas pela presença do profissional da área”, explica a gerente do Departamento de Fiscalização (DEFIS) do CREA-PR, Vanessa Moura.

A ação contará com a participação de equipes especializadas compostas por agentes de fiscalização engenheiros agrônomos, além de conselheiros, assessores e inspetores do CREA-PR, bem como associações de engenheiros e órgãos públicos. Ao final dos trabalhos, será elaborado um relatório compilando informações de todas as fiscalizações realizadas no Estado.

Fonte: Assessoria Crea-Pr


Nenhum comentário:

Postar um comentário