sábado, 25 de maio de 2013

O colunista Celso Nascimento da Gazeta do Povo chama a atenção para os preços do novo esquema de lacres do Detran-Pr

Segue texto copiado na íntegra da coluna Olho Vivo:


Lacre 1
Atualmente, quando você compra um carro novo e precisa colocar a placa, vai a um fabricante credenciado e gasta na compra do par em média R$ 100,00. Você escolhe a forma de pagamento: em dinheiro, em cheque, no cartão de débito ou até parcelar no de crédito. Essa “moleza”, no entanto, está prestes a acabar.

Lacre 2
É que o Detran acaba de inventar a obrigatoriedade de o dono de um veículo colocar um “lacre codificado” nas placas. A novidade começará a vigorar em 1.º de junho, com exigências e intermediários que nunca existiram. O dono terá de pagar, por exemplo, uma biometria (com empresa terceirizada!) contratada pela Associação dos Fabricantes de Placas (Afaplacas).

Lacre 3
O preço das placas será padronizado em R$ 133,00 (33% de aumento médio), ao qual devem ser somadas outras “taxinhas” devidas ao Detran (R$ 16,50), à Afaplacas (R$ 4,50) e quase outro tanto para emissão de um boleto bancário. Total: cerca de R$ 160,00. Que precisará ser pago à vista, em dinheiro e antecipadamente no Banco do Brasil. No caso de um despachante, se ele tiver de emplacar 100 veículos, terá de emitir 100 boletos e pagar um a um na fila do BB. A única coisa não explicada é a seguinte: para que mesmo servirá o “lacre codificado”? Para identificar um veículo já não bastam os documentos, os números de chassis e motor?


Fonte: Gazeta do Povo

Link:
http://www.gazetadopovo.com.br/colunistas/conteudo.phtml?tl=1&id=1374448&tit=A-operacao-raspa-tacho

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário