terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Raios e ventos provocam curto circuito e derrubam rede de energia, diz Copel

A queda de energia elétrica é fato comum na região do Turvo provocada geralmente por curto circuito. A informação foi prestada à REDE SUL DE NOTÍCIAS pelo gerente do órgão em Guarapuava, Giovani de Souza. “Geralmente esse curtos são provocados por descargas atmosféricas (raios), ventos fortes e até mesmo a queda de algum galho”, explica. Durante os últimos dias, a população reclama que a cidade e o interior tem ficado sem luz até por uma hora. “Em relação a esses dias precisamos ver qual tem sido a causa”, disse Giovani.
A demora no restabelecimento da energia elétrica, segundo o gerente, é que a equipe composta por um atendente, dois eletricistas e mais dois funcionários de empresa terceirizada precisam “correr o trecho” até encontrar o problema. “Quando cai a energia e eles (funcionários) vão até a caixa e vem que é curto já pedem reforço para Guarapuava. Mas é preciso ir em toda a extensão da linha desde Pitanga, passando pelo interior até a cidade de Turvo”, diz. “Um dia a equipe encontrou um passarinho grudado na linha e que tinha provocado a queda de energia”, comenta.
Segundo Giovani, não existe outro método que seja mais ágil na identificação do problema e onde aconteceu.
De acordo com a Copel, o município possui perto de 5 mil ligações na rede. Os domicílios também podem ser prejudicados com panes de energia que podem provocar a queima de eletrodomésticos e produtos eletrônicos. Nesses casos, basta ligar para 08005100116, registrar a ocorrência fornecendo o dia, o horário e o local que um técnico irá fazer a vistoria. “Se comprovado, a Copel ressarce o prejuízo”, garante Giovani.
Fonte: Rede Sul de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário