sábado, 22 de dezembro de 2012

Osmar Serraglio quer unidade do PMDB para 2014

Osmar Serraglio
Eleito sábado passado, dia 15, presidente do PMDB do Paraná, o deputado federal Osmar Serraglio disse que a principal e primeira tarefa do novo diretório é “buscar a pacificação e unidade do partido” para a disputa das eleições em 2014.
 
“Nós somos muito fortes e esta força nossa é realmente independente da não divisão. E esta é a primeira meta nossa, aparar as arestas. É esta reflexão que precisamos fazer dentro do PMDB”, completou Serraglio.
 
A chapa encabeçada por Serraglio venceu a chapa do senador Roberto Requião por 289 a 220 votos. A PMDB para Todos elegeu 38 membros do diretório enquanto a Sempre PMDB, de Requião, fez 28 membros.
“Nós vamos fazer reuniões em todas as regionais do partido. Percebemos isto, na nossa caminhada como os amigos, companheiros são carentes de mais encontros, de discussão das nossas metas, objetivos, programas do nosso partido, porque também faz, não só, brotar lá no interior novos líderes, como também valoriza e intensifica a representatividade dos líderes que temos hoje”, disse Serraglio.
O deputado diz que ainda é muito cedo para definir a participação do partido para as eleições de 2014. Serraglio prega uma “convivência e parceria pacífica” tanto com o governo Beto Richa como com o governo Dilma Rousseff. “Isto não impede que quem seja pretenso candidato desde logo comece a construir internamente o seu nome para que venha ser sagrado, vencedor, na convenção. Daí iremos como um exército unido para a vitória”, disse.
Serraglio disse que não haverá nenhum restrição a Requião. “Ao contrário, a candidatura do Requião que historicamente é um líder nosso, mas também temos pretensões, como por exemplo, do nosso amigo, do ex-governador Orlando Pessuti, que todos percebemos que nesta caminhada ele se tornou também um vitorioso e que precisa ser valorizado”, completou.
 
Fonte: PMDB - PR
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário