sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Detran passa a emitir automaticamente a CNH definitiva

A partir de segunda-feira (8), motoristas que passarem da habilitação provisória para a definitiva não precisarão ir até uma unidade do Departamento de Trânsito do Paraná fazer foto e biometria para o novo documento. A emissão será automática e a CNH será entregue em casa, pelos Correios. Com isso, o Detran espera tirar 183 mil pessoas por ano dos balcões de atendimento e diminuir o tempo de espera de todos os usuários.

A medida vale para motoristas que não registraram nenhuma infração na habilitação permissionária, que vale por um ano, depois que o candidato foi aprovado em todos os testes de direção exigidos por lei. O cidadão receberá uma carta de aviso de vencimento da CNH provisória, junto com um boleto para pagamento da taxa referente à emissão do documento. Aqueles que tiverem infrações serão informados da necessidade de refazer o processo.

“O Detran, seguindo uma orientação do Governo do Estado, está se modernizando. Investimos em serviços e ações para que o cidadão seja cada vez mais bem atendido, no menor tempo possível, sem burocracia. Além de beneficiar este grupo de motoristas, vamos desafogar o atendimento e facilitar a vida dos demais usuários, que enfrentarão menos filas”, disse o diretor-geral do Departamento, Marcos Traad.

Segundo ele, a emissão automática da CNH definitiva é um processo simples e seguro e já podia ser solicitado pela internet, no sistema Detran Fácil. “Vamos aproveitar a biometria e foto da habilitação provisória que já estão no nosso banco de dados e evitar que o motorista tenha de repetir os procedimentos que já fez. A diferença é que, se não houver registro de multas, o cidadão não precisa nem pedir a emissão do documento. É só pagar o boleto e esperar a CNH chegar em casa”, conta Traad.

Desde maio de 2011, quando o Detran Fácil foi lançado no Paraná, foram solicitadas mais de 87 mil emissões de CNH definitiva pela internet. Ao todo, incluindo os processos presenciais, abertos nas unidades do Departamento, são feitos mais de 15 mil pedidos deste tipo de habilitação por mês no Estado.

Fonte: Núria Bianco - Assessoria de Comunicação Social
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário